Maranhão » Hotéis, Viagens e Turismo

São Luís: Prefeitura Municipal
> Prefeitura Municipal

O estado do Maranhão possui uma superfície de 332 mil quilômetros quadrados (um pouco mais do que a Itália), e os seus primeiros ocupantes europeus foram espanhóis, logo em 1500, o ano da descoberta do Brasil; 35 anos depois, os portugueses disputaram essa ocupação, mas sem sucesso, e, em 1612, os franceses instalaram-se, fundando a França Equinocial.

A capital do estado é São Luís, e outras cidades importantes são Imperatriz, Caxias, Timon, Codó, Santa Inês, Bacabal, Balsas, Chapadinha e Barra do Corda.

O Maranhão possui a maior diversidade de ecossistemas do Brasil, incluindo 640 km de praias tropicais, floresta amazônica, cerrados, mangues, delta em mar aberto e o único deserto do mundo com milhares de lagoas de águas cristalinas.

Toda essa diversidade está organizada em cinco pólos turísticos, cada um com seus atrativos naturais, culturais e arquitetônicos: São Luís, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o Parque Nacional da Chapada das Mesas, o delta do Parnaíba e a Floresta dos Guarás.

Com altitudes reduzidas e topografia regular, o Maranhão apresenta um relevo modesto, com cerca de 90 por cento da superfície abaixo dos 300 metros e duas regiões distintas: a planície litorânea e o planalto tabular.

A primeira delas, ao norte, é formada por planícies de baixas altitudes marcadas por extensas praias, tabuleiros e baixadas alagadiças, destacando-se em especial as grandes extensões de dunas e as baías de São Marcos e São José.

Nesta região, encontra-se uma das três ilhas-capitais do Brasil: a ilha de São Luís, onde estão localizados os municípios de São Luís, Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar.

No nordeste do estado, encontra-se uma interessante formação geológica de dunas e lagoas de água doce sobre uma área de 155 mil hectares, os Lençóis Maranhenses, também conhecida como «deserto brasileiro».

No centro-sul, predomina o relevo de planaltos e chapadas com formação de serras, já na área do Planalto Central brasileiro.

O Parque Nacional da Chapada das Mesas, um paraíso de 160 mil hectares de cerrado localizado no sudoeste do estado, guarda inúmeras surpresas, como banhos em cachoeiras, trilhas ecológicas em cavernas e desfiladeiros, sítios arqueológicos com inscrições rupestres, mergulhos em rios de águas cristalinas e outras belas paisagens; as principais cidades da zona são Imperatriz, Carolina e Riachão, circundadas por um mundo mágico e grandioso.

O delta do Parnaíba é o terceiro maior delta oceânico do mundo, um raro fenômeno da natureza que ocorre também no Nilo, em África, e no Mekong, no Vietnã; rios, flora, fauna, dunas de areias alvas, banhos em lagoas e de mar são alguns atrativos turísticos; Tutóia, Paulino Neves e Araioses são as principais cidades.

A Floresta dos Guarás fica na parte amazônica do Maranhão, no lado ocidental, e envolve os municípios de Cedral, Mirinzal, Cururupu, Guimarães e Porto Rico do Maranhão, entre outros; conta com inúmeros atrativos naturais e culturais, destacando-se como um santuário ecológico formado por baías e estuários onde os rios desaguam em meio a manguezais; entre os seus maiores atrativos turísticos, incluem-se a ilha dos Lençóis, em Cururupu, as praias de Caçacueira, São Lucas e Mangunça, o banco de coral de Manuel Luís (ao alcance apenas de mergulhadores), os estaleiros onde os mestres constroem embarcações típicas do Maranhão inteiramente artesanais e uma abundância de aves, como guarás, garças, colhereiros e marrecos.

Na capital maranhense, São Luís, declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, encontra-se a maior parte dos valores históricos do estado: com mais de 3500 imóveis dos séculos XVIII e XIX, a cidade é uma referência no Brasil da aristocracia portuguesa, cuja memória ainda pode ser vista nas fachadas do centro histórico; a uma hora de barco, Alcântara é outro ponto de referência histórico/arquitetônico do estado.

No que se refere a turismo religioso, o Maranhão possui três eventos importantes: um deles acontece em Junho, em São Luís, onde decorrem festas em homenagem a Santo Antônio, São João, São Pedro e São Marçal; em Alcântara, no segundo domingo de agosto, acontece a festa de São Benedito e, em maio, a festa do Divino, o mais badalado evento profano-religioso do estado.

Municípios: Açailândia, Afonso Cunha, Água Doce do Maranhão, Alcântara, Aldeias Altas, Altamira do Maranhão, Alto Alegre do Maranhão, Alto Alegre do Pindaré, Alto Parnaíba, Amapá do Maranhão, Amarante do Maranhão, Anajatuba, Anapurus, Apicum-Açu, Araguanã, Araioses, Arame, Arari, Axixá, Bacabal, Bacabeira, Bacuri, Bacurituba, Balsas, Barão de Grajaú, Barra do Corda, Barreirinhas, Bela Vista do Maranhão, Belágua, Benedito Leite, Bequimão, Bernardo do Mearim, Boa Vista do Gurupi, Bom Jardim, Bom Jesus das Selvas, Bom Lugar, Brejo, Brejo de Areia, Buriti, Buriti Bravo, Buriticupu, Buritirana, Cachoeira Grande, Cajapió, Cajari, Campestre do Maranhão, Cândido Mendes, Cantanhede, Capinzal do Norte, Carolina, Carutapera, Caxias, Cedral, Central do Maranhão, Centro do Guilherme, Centro Novo do Maranhão, Chapadinha, Cidelândia, Codó, Coelho Neto , Colinas, Conceição do Lago Açu, Coroatá, Cururupu, Davinópolis, Dom Pedro, Duque Bacelar, Esperantinópolis, Estreito, Feira Nova do Maranhão, Fernando Falcão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Fortuna, Godofredo Viana, Gonçalves Dias, Governador Archer, Governador Edison Lobão, Governador Eugênio Barros, Governador Luiz Rocha, Governador Newton Bello, Governador Nunes Freire, Graça Aranha, Grajaú, Guimarães, Humberto de Campos, Icatu, Igarapé do Meio, Igarapé Grande, Imperatriz, Itaipava do Grajaú, Itapecuru-Mirim, Itinga do Maranhão, Jatobá, Jenipapo dos Vieiras, João Lisboa, Joselândia, Junco do Maranhão, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues, Lago Verde, Lagoa do Mato, Lagoa Grande do Maranhão, Lajeado Novo, Lima Campos, Loreto, Luís Domingues, Magalhães de Almeida, Maracaçumé, Marajá do Sena, Maranhãozinho, Mata Roma, Matinha, Matões, Matões do Norte, Milagres do Maranhão, Mirador, Miranda do Norte, Mirinzal, Monção, Montes Altos, Morros, Nina Rodrigues, Nova Colinas, Nova Iorque, Nova Olinda do Maranhão, Olho d´Água das Cunhãs, Olinda Nova do Maranhão, Paço do Lumiar, Palmeirândia, Paraibano, Parnarama, Passagem Franca, Pastos Bons, Paulino Neves, Paulo Ramos, Pedreiras, Pedro do Rosário, Penalva, Peri Mirim, Peritoró, Pindaré-Mirim, Pinheiro, Pio XII, Pirapemas, Poção de Pedras, Porto Franco, Porto Rico do Maranhão, Presidente Dutra, Presidente Juscelino, Presidente Médici, Presidente Sarney, Presidente Vargas, Primeira Cruz, Raposa, Riachão , Ribamar Fiquene, Rosário , Sambaíba, Santa Filomena do Maranhão, Santa Helena, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Santa Quitéria do Maranhão, Santa Rita, Santana do Maranhão, Santo Amaro do Maranhão, Santo Antônio dos Lopes, São Benedito do Rio Preto, São Bento, São Bernardo , São Domingos do Azeitão, São Domingos do Maranhão, São Félix de Balsas, São Francisco do Brejão, São Francisco do Maranhão, São João Batista, São João do Carú, São João do Paraíso , São João do Soter, São João dos Patos, São José de Ribamar, São José dos Basílios, São Luís, São Luís Gonzaga do Maranhão, São Mateus do Maranhão, São Pedro da Água Branca, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras, São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto, São Vicente Ferrer, Satubinha, Senador Alexandre Costa, Senador La Rocque, Serrano do Maranhão, Sítio Novo , Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, Tasso Fragoso, Timbiras, Timon, Trizidela do Vale, Tufilândia, Tuntum, Turiaçu, Turilândia, Tutóia, Urbano Santos, Vargem Grande, Viana , Vila Nova dos Martírios, Vitória do Mearim, Vitorino Freire e Zé Doca.
Publicidade


Destaque
Veleiros Mar Hotel *** Veleiros Mar Hotel ***
Ponta da Areia, São Luís
O moderno Veleiros Mar Hotel fica a 300 metros da praia de Ponta da Areia, e cada um dos quartos tem uma televisão LCD e vista par...

Ofertas especiais de última hora
Pesquisa de hotéis
Destino
Check-in
Check-out
Publicidade


 © 1997-2022 Turbrasil | Política de privacidade | Contacto